Heavy Rain – Mecânicas do Jogo

Publicado: 28 de abril de 2010 em Game Review, Jogos
Tags:, , , , ,

Jogar Heavy Rain pode ser comparado a ler um bom livro, ou ver um bom filme. O que te faz ir até o fim não é a diversão baseada no gameplay, mas sim sua imersão na narrativa. Por esse motivo não vou comentar nada sobre o enredo do jogo, acredito quanto menos você souber sobre o que acontece melhor. Sendo assim não vou por nenhum vídeo no post, pelo menos nenhum que contenha spoilers. Esse enfoque na narrativa faz de Heavy Rain um jogo muito mais acessível a pessoas que antes nem sonham em parar em frente a um videogame para jogar ou mesmo só assistir. Minha namorada não gosta de jogar muitas coisas, até pouco tempo só havia se interessando em Fallout 3, mas depois de ver um pouco de HR ela resolveu tentar e acabou gostando bastante. O que eu achei muito estranho, afinal ela tinha dito que o Demo era muito chato. Minha mãe foi outra que às vezes entrava no meu quarto pra ver se eu estava jogando Heavy Rain. Ela como uma fã de um bom suspense queria saber o que estava acontecendo no jogo e se eu já sabia quem era o assassino. Isso acontece pelo fato da estrutura do jogo se assemelhar ao dos filmes, estrutura essa muito mais conhecida pelo público em geral. Mas não pense que Heavy Rain é um filme com uma roupagem diferente, ele ainda é um jogo em todos os sentidos, só mais focado em um elemento do que em outros.

Os Gráficos

Os gráficos de Heavy Rain chamam muita atenção pela sua qualidade, tudo no jogo é bem detalhado, todos os cenários são bonitos e bem construídos. Acho que é o jogo que têm os cenários mais próximos do real que já vi. Mas os personagens são os que realmente  roubam a cena. Os detalhes são tantos que você pode ver em detalhes os poros e imperfeições da pele. As expressões e movimentos são todos convincentes, assim como as vozes que estão em perfeita sincronia com os lábios dos personagens. Outra coisa interessante é o uso da câmera no jogo, como num filme ela é disposta onde é mais interessante para o desenvolvimento da narrativa. Em alguns casos a tela pode se dividir focando em vários pontos diferentes e não só o personagem. Na parte de gráficos a única coisa que me desagradou foi a baixa qualidade das animações das pessoas de fundo, aqueles personagens que não tem nenhum envolvimento na trama. Quando o foco não está neles não há do que reclamar, mas em algumas poucas cenas essa animação fraca fica muito evidente. Tirando isso não vi nada que me desagradou.

Mecânicas do jogo

Quando você começa a jogar Heavy Rain já nota que as coisas são um pouco diferentes do tradicional. Há dois modos de jogo o de interação/exploração e os eventos. No primeiro você está livre pelos cenários para interagir com os objetos ou com os outros personagens que se encontram no lugar. Já o segundo modo é quando você está em uma cena específica e seus comandos determinam o sucesso das ações de seu personagem. Esses dois modos de jogo se misturam constantemente, mas com frequencia você vai se deparar com eventos prolongados que vão determinar fatos cruciais para narrativa.

Interação/exploração

Em várias partes do jogo você vai controlar seu personagem em alguma localidade, a primeira coisa que se nota é que para andar deve ser mantido o botão R2 pressionado, o direcional esquerdo só controla a direção em que o personagem caminha ou olha quando o botão não esta pressionado. No início pode ser complicado se acostumar com esse sistema, pois parece que o personagem nunca vai direito para aonde você quer, mas com o tempo de jogo essa dificuldade vai desaparecendo. O botão L1 muda a posição da câmera. O direcional direito serve para interagir com o cenário como sentar ou pegar algum objeto. Essas ações podem levar a eventos, ou mesmo a uma cadeia de comandos quando a situação fica mais complicada. Se a interação é com outra pessoa, como em uma conversa, as opções de diálogos aparecem flutuando ao redor da cabeça do personagem que você está controlando (como na foto). Se por algum motivo a situação é muito tensa os comandos de diálogo vão aparecer tremidos e chacoalhando muito. Nesses casos se você demorar em escolher o que falar o próprio jogo escolhe uma opção. Acredito que é sempre a mesma que ele escolhe, mas não tenho certeza. Nem todas as ações estão disponíveis logo de início, algumas ações só podem ser executadas após uma conversa com outra pessoa, algum evento ou depois de se ouvir os pensamentos de seu personagem. Quando você segura o botão L2 aparece ao redor da cabeça dos personagens algumas opções de comandos. Elas são exatamente iguais as opções de diálogos, mas não são falas, e sim pensamentos. Esses pensamentos podem ser algo bem simples como sentir fome ou sede, como também podem ser dicas do que pode ser feito no jogo. Eu não tenho certeza absoluta, mas acredito que esses pensamentos liberam opções, como querer sair, comer, ir a algum lugar e novos diálogos, além de outros pensamentos. Interagir com o cenário ou mesmo com as outras pessoas requer um pouco de intuição, pois nem sempre vai estar claro o que determinado comando faz ou fala, mas no geral é tudo bem direto e simples.

Lista de Comandos

Pra quem quiser ter uma ideia de como funciona o gameplay do jogo aqui vai uma lista de comandos tirados do próprio manual e mais um vídeo que foi mostrado na E3 se não me engano de 2009. O bom desse vídeo que é ele não tem nenhuma relação com o enredo do mesmo, apesar do gameplay não estar exatamente igual ao que foi lançado já da pra se ter uma ideia.

Uma dica para quem for jogar: sente em uma posição confortável. Não fique jogado no sofá ou coisas assim, pois vai precisar usar o sixaxis em algum momento do jogo, e deitado ou mesmo esparramado não da certo. Mais uma coisa, preste atenção em tudo que você faz.

Eventos

Eventos são ações prolongadas geralmente cruciais para a narrativa. Durante eventos a escolha do que você quer fazer fica reduzida, pois os comandos em geral servem para determinar se você consegue ou não consegue realizar a ação em percurso. Por exemplo, em uma briga, acertar o comando que surge na tela vai ser a diferença entre levar o golpe ou não. Algumas vezes mesmo acertando o comando que aparece seu personagem ainda se dá mal, mas imagine então se você errasse. Esses eventos são parecidos com os que se tem em vários jogos de ação, como God of War ou Dante’s Inferno quando você vai matar um monstro ou algo do gênero. Mas em Heavy Rain esses eventos são mais intensos e um pouco diferente dos jogos citados. Os botões aparecem em lugares diferentes da tela, normalmente numa posição que tenha alguma relação com a ação executada. Toda essa tensão e dramaticidade proposta pelo jogo e mais acentuada nesses eventos não teria todo esse impacto se não fosse pela trilha sonora. A música completa perfeitamente o clima de Heavy Rain dando tensão ou suspense dependendo da cena, e é claro que nas partes que precisa ser mais serena ela é.

Bugs

É chato pensar que um jogo tão aguardado como esse tenha diversos problemas. Infelizmente os bugs do jogo não são tão poucos. Para começar o som que às vezes some deixando o jogo mudo. Essa pane pode ser momentânea só durando alguns segundos, ou tão duradoura que te obriga a sair do jogo e iniciá-lo novamente. Outro bug muito chato é o fato que em algumas ocasiões os personagens não conseguirem passar por cima de um simples degrau enquanto estão caminhando. Parece que há outros bugs como a demora/erro no save, mas comigo isso não aconteceu então não posso afirmar que seja verdade. Pouco tempo depois do lançamento do jogo saiu uma atualização que prometia resolver esses problemas, no entanto isso não deu muito certo, há pessoas dizendo que o jogo ficou ainda mais bugado depois dessa atualização. Parece que o jogo só funciona perfeitamente nos ps3 slim. Se alguém quiser esses dois sites comentam esse assunto.

examiner.com

ps3news.com

Bem gente, espero que tenham gostado do post, eu mesmo adorei Heavy Rain. Espero que o post ajude a quem não ligava muito para o jogo a pensar em dar uma olhada no Demo talvez. Apesar de que no Demo não há o principal que é o enredo. Agora deixo vocês com algumas ofertas da Play Asia e com um vídeo que ensina a fazer o origame símbolo do jogo.

Valeu!

comentários
  1. […] https://radiated5.wordpress.com/2010/04/28/heavy-rain/Os gráficos de Heavy Rain chamam muita atenção pela sua qualidade, tudo no jogo é bem detalhado, […]

  2. Tomás disse:

    Pelo jeito o jogo então não está tão diferente do que joguei da demo, o que é bom, já que gostei bastante dela hahah

    Gostei da análise, bom saber dos detalhes da jogabilidade e gráficos. Não sabia que o jogo infelizmente tinha esses bugs chatos, ainda mais que o meu PS3 é o grandão também, mas mesmo assim pretendo comprá-lo.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s