Arquivo da categoria ‘Lista’

Platinas para se envergonhar

Publicado: 18 de janeiro de 2017 em Cultura Nerd, Jogos, Lista
Tags:, , , , , , , ,

platQuem me conhece sabe que eu gosto de ir atrás dos troféus dos meus jogos, conseguir aquela platina difícil (desde que não envolva muito multiplayer), compartilhar conquistas e ter tudo 100% na minha lista. Claro que nem sempre isso é possível, mas há pessoas que levam isso bem a outro nível, ao ponte de jogar jogos ruins, ou até mesmo sem sentido só para ver seu nível da PSN subir. O post de hoje é sobre isso, sobre as platinas que você devia se envergonhar em ter, pois são de jogos tão absurdos que é difícil ter uma desculpa. Vamos lá!

My name is Mayo

Um jogo em que o único objetivo é clicar num pote de maionese e ver esse mesmo pote com roupas diferentes… Dá pra chamar isso de jogo? Acho que não. Porém mesmo sem gameplay algum esse jogo tem uma platina e tenho certeza que alguém lendo esse post deve ter esse troféu vergonhosamente em seu perfil. Parece que se você realmente quiser, mas quiser muito, dá de conquistar essa platina em 2 horas, ou até menos se seus dedos forem rápidos, pois tudo que você faz é clicar e clicar.

Hannah Montana – The Movie

Hannah Montana, se você não é uma menina na sua pré adolescência esse troféu já seria vergonhoso até se o jogo fosse bom, porém esse não é o caso. Com um gameplay simples até para crianças esse jogo faz você ouvir alguns hits da cantora enquanto aperta os botões no ritmo da música. Essa platina pode ser conquistada por volta de 5 horas, talvez até menos dependendo do seu empenho em suportar essa tortura.

Orc Slayer

Orc Slayer é um FPS bem simples e mesmo assim é pouco optimizado, com muita gente reclamando de lentidão e de o jogo travar. O gameplay é o mais básico para um shooter, você só precisa segurar R2 e mirar em tudo que estiver em sua frente. Essa incrível platina pode ser conquista por volta de 2 horas, mas eu acho que é muito tempo para se passar jogando esse tipo de jogo.

Essas são as três platinas que as pessoas deviam se envergonhar. Eu não acho errado ir atrás de platinas rápidas se você gosta desse tipo de coisa. Há jogos muito bons que dá de platinar em pouco tempo, então é possível sem problema algum evitar essas pérolas.

Bem pessoal, espero que tenham gostado do post, como sempre se quiserem falar algo é só deixar um comentário, se ainda não conhece meu canal do Youtube, basta clicar no ícone que há ali do lado. Por hoje era isso, valeu!

Anúncios

family_watching_tv_582

Hoje eu posso dizer com tranquilidade que o Netflix é uma das principais fontes de entretenimento de qualquer um que tenha um pouco mais de conhecimento das opções que a internet proporciona. Eu assino o serviço desde o primeiro dia que ele ficou disponível no Brasil. O primeiro filme que vi foi Kung-Fusão dublado e ainda com uma qualidade terrível, porém depois de alguns dias o serviço se mostrou muito, mas muito melhor e continuo vendo filmes e séries até hoje. E diferente de uma locadora de vídeo, que você normalmente vai para alugar os últimos lançamentos, no Netflix você pode ver vários tipos de filmes, até aqueles da secção da tarde que ficam quase como outros filmes quando você vê com o áudio original e sem cortes. Hoje vou postar aqui alguns dos filmes da década de 80 que estão disponíveis nesse momento no serviço, filmes que adoro e espero que vocês curtam também. Valeu!

a-mosca

A mosca de 1986 é uma refilmagem do original de 1958, o filme é muito bom e muito bizarro, aconselho demais, a menos que você seja fraco do estômago, pois algumas cenas são de embrulhar (risos).

the-thing

Essa não é a primeira vez que recomendo esse filme no meu blog, e de certeza não será a última, um dos melhores filmes de terror/suspense já feitos. Dá de sentir a paranoia dos personagens na pele, pena que o remake que fizeram não foi lá muito bom.

o-portao

Você já notaram que os melhores filmes de crianças em aventuras foram feitos nos anos oitenta? É tão difícil hoje ver filmes que consigam chegar perto dos Goonies… Ainda bem que sempre podemos ver os filmes antigos.

tudo-por-uma-esmeralda

Não é a primeira vez também que recomendo o filme, mas só agora ele está disponível no Netflix, e se você gosta de Uncharted e Indiana Jones, esse filme deve ser visto.

purple-rain

Eu não sei vocês, mas eu gosto de algumas músicas do ex Prince, o Artista (risos), o filme não é dos melhores mas vale muito ver, principalmente se você curte o Jay e o Silent Bob.

 

a-princesa-prometida

Esse filme é absurdo e muito engraçado, as comédias românticas de hoje deviam ser assim também.

robocop-1987-5

Nossa RoboCop, não sei como me deixaram ver esse filme quando era pequeno, é muito violento, mas é muito bom também. Agora essa refilmagem de 2014… que decepção.

maq-mort

 

Máquina Mortífera é um daqueles filmes que todo mundo gosta, é engraçado e cheio de ação, um dos melhores do gênero.
Gente por hoje é isso, ainda há muitos filmes que quero recomendar da década de 80 no Netflix, mas não quero deixar esse post muito gigante. Espero que tenham gostado e que seu fim de semana seja recheado de ótimos filmes! Fui!

Filmes para uma noite fria

Publicado: 2 de junho de 2016 em Cultura Nerd, Filmes, Lista
Tags:, , , , ,

Faz tempo que não recomendo filmes aqui no meu blog, isso pelo fato de eu não parar mais para ver tantos filmes, outro motivo é que fora dos grandes lançamentos dos cinemas eu não tenho encontrado longas muito bons mesmo. Porém agora eu tenho algumas recomendações, principalmente de filmes de terror e afins, afinal, nada melhor que um sustinho numa noite gelada agarrado ao namorado/namorada.

490314

Corrente do mal, ou It Follows, seu título original, é um ótimo filme de suspense que te deixa vidrado no que está acontecendo na tela. Ele cria a tensão de uma maneira muito inteligente e te envolve de um jeito que nenhum filme tinha feito em muito tempo. Altamente recomendado esse filme é um que deve ser visto. Eu aconselho a nem olhar o trailer, porém se você quiser está aí.

 

ultima

A última profecia é um interessante, primeiro pelo fato dele tratar de uma espécie de lenda urbana, porém tipicamente americana, então quando comecei a ver o filme realmente não fazia ideia do que se tratava. A trama é muito interessante e o suspense te prende na poltrona. O filme não é novo e teve um tempo que tinha no Netflix, então é bem fácil de achar para assistir. É bizarro e eu recomendo.

 

goosebumps-1SHT

Eu não sei vocês, mas eu comecei a gostar de ler livros com a série Goosebumps, nunca fui um leitor fanático desses livrinhos, mas tenho algumas recordações, inclusive do seriado que passava em algum canal da TV. Ao ver o filme não tinha muita expectativa, porém fui surpreendido pelo tanto que me diverti. O longa é muito legal, com certeza diverte a família toda, há alguns sustos, mas nada de mais, recomendo pela diversão mesmo.

 

babadook

Esse filme eu estou colocando aqui por um motivo diferente dos outros, eu não quero recomendá-lo, e sim dizer para quem teve a sorte de ainda não ter visto esse filme, NÃO VEJA! O filme é ruim, complicado dizer o motivo exato, mas posso falar que no longa há umas das crianças mais irritantes da história do cinema e eu passei o filme inteiro esperando a hora de ver ele morrer. Então se você conhece alguém que pensa em ter um filho, esse filme é uma ótima ferramenta para fazê-los mudar de ideia.

Poster 1a Pandorum.indd

Pandorum não é um filme extraordinário nem nada assim, mas às vezes a gente só quer ver um terror bobo cheio daqueles sustos que te fazem pular da cadeira, eu como gosto muito de Dead Space acabei gostando bastante desse filme. Então se você curte o jogo e ainda não viu esse filme não perca tempo, tem no Netflix (risos).

 

a beira da loucura

À beira da loucura é um ótimo filme, é inteligente, interessante e cheio de suspense. Não sei como esse longa passa despercebido por tantos. Altamente recomendado, principalmente para quem gostas de coisas chuthulescas. Infelizmente não achei um trailer com legendas, mas quem quiser o filme está inteiro no Youtube, só que dublado…

Bem gente esses são os filmes de terror e suspense que recomendo (ou não) para esses dias friozinhos. Espero que gostem e como sempre peço que comentem sobre o que vocês acham desses longas. Espero continuar postando mais listas e coisas assim logo. Valeu pela visita, fui!

Durante esses últimos meses eu não postei quase nada em meu blog, pois, como aqui eu falo em geral sobre jogos, não tendo meu ps3 não tinha muito sobre o que falar, ou mesmo vontade para falar.  Não tendo o que jogar eu abusei do Netflix e felizmente há disponível lá todos os filmes do James Bond, desde o Dr. No até o Quantum of Solace. Eu já gostava muito dos filmes do 007 antes de ver todos, mas agora que os vi, e em ordem cronológica passei a ser fã. Todos os filmes são muito bons, até os mais fraquinhos são legais de ver, e felizmente são poucos que não são tão bons.

O motivo do post de hoje é uma enquete, uma enquete sobre as músicas temas da série. Eu gostei de quase todas, minha predileta é de longe o tema do Goldfinger, e com toda certeza a pior é a atrocidade que fizeram com o Die Another Day. Mas quero saber a opinião de vocês que ainda vagam pelo meu blog, qual a melhor música dos filmes do 007?

 

Quem quiser ouvir os temas aqui estão eles

Dr. No

From Russia with Love

Goldfinger

Thunderball

You Only Live Twice

On Her Majesty’s Secret Service

Diamonds Are Forever

Live and Let Die

The Man with the Golden Gun

The Spy Who Loved Me

Moonraker

For Your Eyes Only

Octopussy

A View to a Kill

The Living Daylights

Licence to Kill

GoldenEye

Tomorrow Never Dies

The World Is Not Enough

Die Another Day

Casino Royale

Quantum of Solace

Dark Souls é o sucessor do jogo exclusivo para PS3 de 2009 Demon’s Souls, jogo que ficou consagrado pela sua dificuldade, algo relativamente raro nos jogos de hoje. Mas é claro que não foi só isso que fez de DS um sucesso, o jogo possui um sistema de combate muito bom, uma ótima atmosfera e um modo online único. Tudo isso junto conseguiu criar um jogo extremamente viciante. Quando Dark Souls foi anunciado e começaram a sair notícias sobre ele um tópico sempre vinha à tona, a dificuldade. Não foram poucas as vezes que li algo dizendo que Dark Souls é muito mais difícil que Demon’s Souls, mas será que isso é verdade? Depois de oitenta horas de jogo aqui está minha opinião.

(No post não há nenhum tipo de Spoiler do jogo, só há comentários sobre inimigos e chefes no geral, como fazer itens e modo online, porém nada específico)

Dark Souls é enorme, o mundo, ou reino não é separado por uma área central como DeS, tudo aqui é interligado. Há algumas poucas partes que não se pode acessar sem algum evento, mas no geral toda Lordran está conectada. Você passa por castelos, cemitérios, florestas, cavernas com lava e mais tantos outros lugares. No começo há certo um déjà vu caso você já tenha jogado Demon’s Souls, porém conforme se avança os cenários vão mudando bastante. O primeiro inimigo que se enfrenta em Dark Souls (e também em DeS) é o cenário. Aqui os ambientes por onde você passa podem ser tão letais quanto os inimigos que lá habitam. Cavernas escuras com precipícios, castelos com armadinhas em todos os lados, pântanos traiçoeiros, tudo isso e muito mais permeia o reino de Lordran, não muito diferente de Boletária. Dark Souls é muito maior que seu sucessor há mais espaço para criatividade, os cenários aqui são mais difíceis, mas não tão mais difíceis.

Dark Souls – 1        Demon’s Souls – 0

Em Demon’s Souls há por volta de quarenta tipos de inimigos diferentes, já em Dark Souls há por volta de cem. Essa variedade é ótima ao jogo, há monstros de todos os tipos e tamanhos e dependendo de como seu personagem luta eles podem ser mais fáceis ou mais difíceis. Agora se compararmos os dois jogos lado a lado nenhum é mais difícil que o outro, se olharmos somente para os inimigos. No entanto há em DeS algo que não existe em Dark Souls as tendências de mundo. Se você não jogou Demon’s Souls aqui vai uma rápida explicação: DeS é dividido em cinco mundos, cada um deles possui uma tendência que pode variar de puro branco à puro negro conforme as ações do jogador. Quando o mundo está branco os inimigos são mais fáceis, quando negro ocorre o contrário, os inimigos ficam mais difíceis e surgem versões ainda mais fortes deles. Essas versões mais fortes são realmente mais complicadas de se vencer, dando danos absurdos, o que torna as lutas algo bem mais desafiador. Como em Dark Souls não há nada assim o ponto vai para seu antecessor, sem falar que é muito mais fácil passar de nível no segundo jogo.

Dark Souls – 1        Demon’s Souls – 1

O que é um guerreiro sem suas armas ou um mago sem sua varinha para conjurar os feitiços? Em Dark Souls é um player morto. O equipamento que você utiliza no jogo diz muito sobre como você enfrente os inimigos, e aqui há mais variedade de armas e armaduras que em DeS. Então achar algum equipamento melhor  pode ser um pouco mais tranquilo e assim tornando o jogo mais fácil. Porém não é esse o motivo que faz de Demons Souls mais difícil, é o fato de que em Dark Souls além de você poder melhorar as armas que usa há também como melhorar as armaduras. Isso não seria problema (se tratando de dificuldade) se os minérios fossem difíceis de achar, mas não são. Além de ter como comprar alguns minérios essenciais para melhorar as armaduras há inimigos que dropam com 100% de chance alguns desses itens. Em Demon’s Souls ganhar os troféus de fazer as armas foi extremamente chato e demorado, já em Dark Souls é só uma questão de você souber onde ir buscar os itens e com que ferreiro falar.

Dark Souls – 1        Demon’s Souls – 2

O multiplayer no Demon’s Souls foi uma ótima novidade, não havia nada parecido e ainda hoje só há similar em Dark Souls. No primeiro jogo você ou estava vivo ou em forma de espírito (que reduzia seu HP total pela metade). Quando vivo há como chamar outro jogador para ajudar a passar pela fase e enfrentar o chefe. Em forma de espírito há como deixar um sinal para ser chamado por um jogador para ajudá-lo a passar pela fase, ou invadir o mundo de algum jogador vivo para roubar sua vida. Passar da forma de espírito para a corpórea não é tão difícil, basta matar um chefe, ajudar alguém a matar um, matando outro jogador invadindo seu mundo ou usando um item que é não tão fácil de se achar. Já em Dark Souls não há muitas diferenças entre você estar vivo ou como zumbi; estando vivo você pode convocar até dois jogadores para te ajudar a matar o chefe da área e há também como outros jogadores invadirem seu mundo atrás de sua humanidade. Há também como convocar outros jogadores para duelos, o que é bem legal para os que gostam de PVP. Como zumbi você não pode pedir ajuda, mas pode ser convocado para ajudar outros jogadores ou invadir outros mundos. Para passar de zumbi para vivo basta utilizar um item nos Bornfires que estão espalhados pelo jogo. Achar esse item é algo bem fácil e o jogo possibilita a cooperação mesmo offline convocando NPC’s para combater ao seu lado. Por Dark Souls possuir um multiplayer muito mais refinado e que possibilita e muito a interação com os outros jogadores o ponto de dificuldade vai novamente para Demon’s Souls.

Dark Souls – 1        Demon’s Souls – 3

Eu me lembro da primeira vez que joguei Demon’s Souls e cheguei no Tower Knight, aquele chefe gigante fez eu pensar se era mesmo possível destruir aquilo, algo bem semelhante como quando eu joguei Shadow of the Colossus, porém aqui eu não podia virar e sair correndo. Dark Souls consegue trazer chefes muito legais, difíceis e enormes, porém a facilidade de se jogar com outras pessoas diminui muito o desafio dos confrontos. Agora pensando nos chefes em si, caso você os enfrente no 1×1: como em DeS, Dark Souls possui alguns chefes bem fáceis (novamente dependendo de como você joga), porém há bem mais chefes e alguns são realmente complicados. Então como nos inimigos não há nenhum mais difícil que o outro. Dark Souls por ser mais comprido possui mais chefes, mas a dificuldade acaba sendo a mesma nos dois jogos, até mais fácil se considerarmos tudo que já foi dito antes. Por esse motivo o ponto vai para o Demon’s Souls novamente.

Dark Souls – 1        Demon’s Souls – 4

Quem não odeia o quinto mudo do Demon’s Souls? Aquele pântano de veneno, aqueles inimigos chatos que corriam normalmente enquanto nós só conseguíamos se arrastar pelas águas pútridas; não tinha lugar pior, nem no Dark Souls. O motivo de eu lembrar dessa fase cruel é o veneno e a praga que assolam aquele lugar. Por pior que fossem esses status negativos eles não matavam na hora, já em Dark Souls há vários efeitos que podem matar na hora, alguns até reduzir sua vida pela metade, e metade, e metade… Todos os status negativos aqui são bem piores que no jogo anterior, em alguns cenários eles podem até ser mais perigosos que qualquer inimigo. Por esse motivo o ponto vai para Dark Souls.

Placar Final!

Dark Souls – 2        Demon’s Souls – 4

Bem gente, essa é minha opinião sobre a dificuldade dos dois jogos, talvez haja outros pontos a serem abordados, mas esses são os que eu considero mais marcantes. Dark Souls é ótimo, o jogo é realmente muito bom e viciante, e o fato de ele ser um pouco mais fácil que Demon’s Souls não o torna pior de nenhuma maneira. Espero que tenham gostado do post, por hoje é isso. Se alguém discordar de algum ponto, basta escrever nos comentários.

Valeu!

Nesse mês de Julho eu até que consegui jogar bastante coisa, e até consegui garantir o meu Dead Island. Mesmo com tempo livre não estou conseguindo postar tanto, mas há alguns posts em espera, logo deve ter mais coisas no site. Vamos aos jogos!

Assassin’s Creed 2

Sinceramente eu não sou fã da série, mas os jogos são bons e divertidos de jogar. O mais interessante tem sido o enredo, que no segundo jogo superou minhas expectativas para o jogo. O gameplay também melhorou muito do primeiro para o dois, mas o combate, apesar de melhor, não conseguiu me empolgar. Felizmente há outras formas de matar os oponentes; envenenar os guardas nunca foi tão divertido.

Killzone 3

Eu considero Killzone um dos melhores FPS do PS3, o jogo não é só graficamente bonito, mas possui um ótimo gameplay. Apesar da campanha ainda não ter chegado ao patamar que eu gostaria que tivesse chego, ela consegue ser bem divertida e variada. O multiplayer ficou mais rápido que o do segundo, e as classes agora são bem mais interessantes.

Lost Planet 2

Lost Planet 2 é um jogo legal, mas não bom o suficiente para a quantidade de vezes que te obrigam a jogá-lo se você quer tentar a platina. Por esse motivo eu jogo LP2 algumas vezes em espaços de tempo, assim não me enjôo. Se você tem quatro amigos esse é um jogo legal para se jogar em grupo.

Operation Flashpoint 2 Dragon Rising

Dragon Rising é um FPS diferente da maioria, ele tenta ser um simulador militar, porém não tanto quanto Arma II. Isso significa que o jogo é mais lento e mais estratégico, afinal você pode morrer com um só tiro. O que é muito tolo se você se comparar com seus inimigos, pois às vezes eles parecem simplesmente não morrerem. O jogo não é nenhuma obra prima, mas depois que você pega o ritmo ele se torna bem divertido.

O que quero jogar?

Por hoje é isso, agora as ofertas da PlayAsia.

Valeu!

Quem gosta de jogar videogame nesses últimos três ou quatro anos já está acostumado com troféus e conquistas, não importa se você joga Xbox, PS3 ou PC, em todas as plataformas há esses objetivos que vão além do jogo normal. Alguns troféus são tão fáceis de pegar que não é preciso nenhum esforço, já outros são quase impossíveis. Esse é o meu Top 10 de platinas (no caso do Ps3) que são muito, mas muito difíceis.

Detalhe, alguns jogos possuem uma platina extremamente difícil, pelo fato de ninguém jogar ele online ou algo do gênero. Esse tipo de obstáculo está sendo levando em consideração também. Essa é a minha opinião, eu não conheço as conquistas de todos os jogos, mas é bem provável que seja algo bem próximo a essa lista.

Vamos aos jogos!

10° lugar – Quantum Theory

Os troféus de Quantum Theory no geral não são os mais difíceis, mas há alguns que acabam com o seu dia, como, por exemplo, matar determinado chefe num tempo específico. No entanto o grande problema aqui é o multiplayer. Há pouquíssimas pessoas jogando QT online, para conseguir uma partida só combinando com outros jogadores, de outro jeito é algo quase impossível, e para piorar aumentar seu ranking no multiplayer é extremamente demorado.

9° lugar – MotorStorm Pacific Rift

Eu particularmente nunca joguei Pacific Rift online, mas sei o que precisa para Platinar o jogo. Além de sorte você tem que ser muito bom para conseguir essa platina. Jogos de corrida e os de luta são quase sempre os piores nesse quesito.

8° lugar – Mortal Kombat

MK é quase como a maioria dos jogos de luta, vários troféus online e outros com desafios do jogo. Além de difíceis as conquistas do Mortal Kombat são muito demoradas.

7° lugar – Super Street Fighter IV

Troféus online não são o único problema em SSF 4, os challenges do jogo são bem complicados. Eu não tenho nenhuma habilidade em jogos de luta, talvez para quem goste e jogue bem essa não seja uma platina difícil.

6° lugar – Gran Turismo 5

Gran Turismo é o primeiro jogo da série para o PS3, conheço muita gente que comprou o videogame só por esse jogo. Sinceramente eu esperava bem mais, nem tenho muita vontade de jogar. O fato de eu não ser fã de jogos de corrida é o culpado disso. A platina do GT5 exige muita habilidade e várias centenas de horas de jogo, não é para qualquer um. Quem não lembra de como era chato tirar as habilitações no GT2, no quinto é bem pior.

5° lugar – GTA 4

GTA 4 é um dos jogos mais populares dos últimos anos, conheço várias pessoas quem o tem, mas nenhuma que tenha a platina. Há toneladas de coisas para se fazer, além de alguns troféus online; nada fácil.

4° lugar – Killzone 2

Killzone é um dos meus FPS prediletos. Alguns troféus da campanha single plaeyer são bem complicados, mas os troféus do multiplayer são bem piores. Em um deles você deve ser um dos melhores da semana na leaderboard. A platina do terceiro jogo não parece ter nem a metade da dificuldade do segundo.

3° lugar – Wipeout HD

Wipeout HD não é um jogo fácil, pilotar essas naves é bem complicado mesmo no mais fácil, e para deixar tudo mais legal platiná-lo é realmente difícil. Eu não tenho talento nenhum para esse jogo. Como há maioria dos jogos de corrida há vários troféus online.

2° lugar – Lost Planet 2

Lost Planet 2 não é um jogo difícil, não mais que o normal, mas a platina é torturante. Todos os troféus são extremamente demorados, realmente demorados. Você é obrigado a jogar a campanha mais vezes que se pode contar. Pelo menos o jogo é divertido. Mas o pior de tudo é o troféu que exige que você tenha todos os coletáveis do jogo, detalhe, para ganhar um deles você deve ser um dos dez melhores na leaderboard.

1° lugar – SOCOM: U.S. Navy SEALs Confrontation

Socom é um jogo de tiro em terceira pessoa tático, bem diferente do que nós estamos acostumados. Não há respawn no meio das partidas, entre outras coisas. Isso faz com que platinas esse jogo exija habilidade, tempo e paciência. Os troféus são realmente difíceis.

Bem gente, essa é a minha lista das platinas mais difíceis, se vocês acham que algum outro jogo devesse estar incluso é só comentar. Espero que tenham gostado.

Valeu!

Desculpem a demora para postar algo novo, mas não ando com tanto tempo, Killzone 3 é viciante. Umas sugestões de jogos da PlayAsia.

Não tenho postado muito esses dias, mas isso é culpa da faculdade, fim de semestre é sempre complicado. Ainda bem que falta muito pouco para acabar. Mesmo assim eu sempre reservo um tempinho para o meu PS3.

Uncharted 2 : Among Thieves

O primeiro Uncharted foi um ótimo jogo de ação/aventura, com uma mecânica bem sólida e uma ótima narrativa, basicamente tudo que eu gostaria que os antigos Tomb Raiden fosse (ainda prefiro a Lara ao Drake). Mas Uncharted 2 consegue ser em todos os aspectos melhor que o primeiro e tendo inclusive um multiplayer bem divertido. Quem ainda não jogou e gosta de jogos de tiro devia dar um jeito de conseguir esse jogo, pois é muito bom mesmo.

Castlevania: Lords of Shadow

Sim, eu ainda joguei Castlevania no mês de Junho, mas finalmente consegui minha platina. O jogo é muito divertido, foi bem legal fazer os challenges e virar no Paladin. Adoro o final do jogo, não faz parte do cânone dos antigos Castlevanias, mas acho que é um bom começo para um Reboot. Espero poder jogar novamente com o Alucard.

Little Big Planet

Graças aos Hackers idiotas a Sony gentilmente me deu, assim como todo mundo que tinha uma conta na PSN antes dela cair, dois jogos. Um dos que escolhi foi o Little Big Planet. O jogo é divertidinho, tem umas ideias bem legais, mas o gameplay é frustrante algumas vezes. Só to jogando com minha namorada, o jogo não conseguiu chamar minha atenção. Ainda não joguei nenhuma fase da comunidade, nem fiz as minhas, quem sabe quando eu começar o jogo não fique mais interessante.

O que quero jogar?

Agora as ofertas da playasia.Valeu!

 

Dead Space 2

O primeiro Dead Space foi muito bom, mas o segundo consegue ser ainda melhor. O jogo mudou muito pouco, não vou detalhar muito neste post, pois logo devo postar uma review, mas basicamente você tem mais do mesmo (com melhorias). Dead Space 2 tem multiplayer, porém nem cheguei a jogar, e agora com a PSN fora do ar nem devo entrar. Aconselho o jogo, é realmente muito bom.

Rock Band 2

Eu não sou fã de jogos de música, mas quando posso jogar na bateria eu gosto.

Star Wars: The Force Unleashed

Desde que tenho meu PS3 eu queria jogar Force Unleashed, mas agora entendo por que chamam de Force Unlixo. O enredo do jogo até parece ser legal, mas os controles e a câmera não. Se eu consegui jogar cinco horas foi muito, mesmo querendo ir até o fim. Uma pena; esperava mesmo que o jogo fosse bom.

O que quero jogar?

Por hoje é isso, espero que tenham gostado do post. Como sempre algumas ofertas da PlayAsia.

Valeu!

O que estou jogando?

Publicado: 1 de abril de 2011 em Jogos, Lista
Tags:, , , , , ,

Todo início de mês vou começar a postar o que eu estou jogando, ou o que joguei no mês que passou, sempre com um comentário sobre os jogos. Apesar de estudar e trabalhar eu sempre arranjo um tempo para o meu PS3, não tem jeito. Um detalhe, eu sempre estou procurando gente pra jogar Army of Two 40th Day comigo, então já fica ai o convite. Foi um saco fazer toda a campanha sozinho.

Enfim, vamos aos jogos.

Castlevania: Lords of Shadow

Castlevania LoS não parece muito com qualquer outro Castlevania, lembra mais uma mistura de God of War com Darksiders. Isso só é ruim para quem é realmente fã da série, pois os elementos presentes aqui que são herdados dos outros jogos são bem poucos. Agora se você não liga para o passado não há do que reclamar. O combate lembra muito GoW, mas infelizmente sem toda qualidade de gameplay de Kratos, principalmente se tratando da esquiva e defesa. As partes de plataforma também não possuem os melhores controles, e como elas são constantes no jogo isso pode incomodar. Há vantagem aqui é que como em Darksiders há tanto exploração quanto combate. Eu não sei exatamente quantas horas eu levei para terminar LoS, mas sei que foram bem mais que as 6h necessárias para o GoW 3. Graficamente o jogo é impressionante, mas não o tempo todo (também tem umas partes bem Shadow of the Colossus no jogo, mas finge que não).

Kane and Lynch 2: Dog Days

Eu não cheguei a jogar o primeiro, mas acho que não faz muita diferença, Dog Days é legal, mas como em muitos jogos ultimamente, ele é extremamente curto. A estética  foi o que mais me chamou atenção, realmente a câmera treme muito e várias vezes fica difícil de ver os inimigos, mas o jogo ia perder metade da graça se não fosse isso. Há como desabilitar esse efeito nas opções, mas não faça isso, a não ser que o jogo te deixe enjoado. O interessante da narrativa é a crueldade dela, mas o final é muito ruim… Por outro lado os cenários que se passam no centro de Xangai são muito bons, a ambientação é ótima. Ainda não joguei os modos online, mas o Arcade é bem legal, da para passar um bom tempo. O jogo pode ser jogado todo em co-op, o que é bem legal. O que mais me desagradou é que o gameplay não é dos melhores, parece meio datado e as armas imprecisas.

O que quero jogar?

Bem gente, por hoje é isso, espero que tenham gostado, aqui em baixo as ofertas da PlayAsia.